terça-feira, 7 de setembro de 2010

ROSEANA CAI EM TUDO QUE É PESQUISA

Publicado em 5 de setembro de 2010 por Garrone

A candidata Roseana Sarney tem seis pontos a menos na pesquisa divulgada na manhã de hoje pela Rádio Educadora em comparação com a Escutec, que figura nas páginas de O Estado do Maranhão, desde o final da tarde de ontem.

Enquanto o jornal da família traz a filha do senador José Sarney com 48,7, a pesquisa Educadora a situa em 42,4%, percentual de dá calafrios em quem sonha vencer as eleições ainda no primeiro turno.

Pelos números da Educadora, a soma dos outros candidatos chega a 41,4%, o que a coloca em vantagem por apenas um ponto percentual, dentro de uma margem de erro de 3 pontos para cima ou para baixo.

Algo bem diferente dos quase oito pontos de vantagem pregados pela Escutec, dentro da mesma margem de erro de 3 mais, ou menos.

E aí não estaria o jornal O Estado do Maranhão repetindo o mesmo cálculo inflacionário utilizado em 2006 para fazer crer que Roseana Sarney ganharia no primeiro turno?

Matemática revelada pelo próprio Fernando Júnior, proprietário da Escutec, que à época realizou pesquisa que dava 53% para a candidata, enquanto o jornal calculou 57%, devido “ um cálculo de votos válidos meramente especulativo que inflou os números para 57%”.

Na melhor falta de juízo, desta vez dizem que ela está oscilando pra cima, enquanto as três pesquisas da Escutec – infladas ou não – já publicadas no período eleitoral, Roseana começa com 50,4% em julho, cai para 49,6% em agosto e continua caindo em setembro, com 48,7%.

É esse o viés de crescimento de Roseana e do Maranhão sob o domínio da família Sarney.

É assim que eles vão pra frente…

A pesquisa divulgada pela Rádio Educadora foi realizada pela Opinare – pesquisa de opinião e mercado, e ouviu mil pessoas entre 31 de agosto a 02 de setembro, em 46 municípios.

Está registrada no TRE-MA com o número: 32615/2010.

Veja os números:

Roseana Sarney – 42,4%

Jackson Lago – 24,7%

Flávio Dino – 14,9%

Marcos Silva – 1,2%

Saulo – 0,5%

Josivaldo Corrêa – 0,1%

Não sabem – 11,9%

Brancos e nulos – 4,3%

0 comentários:

Postar um comentário