domingo, 10 de outubro de 2010

DATAFOLHA: SE ELEIÇÃO FOSSE HOJE, DILMA VENCERIA COM 54% DOS VOTOS VÁLIDOS

Mas Serra herdou 51% dos votos verdes.

SÃO PAULO - Se o segundo turno fosse realizado hoje, a ex-ministra Dilma Rousseff, do PT, venceria com 48% dos votos totais, contra 41% de José Serra, do PSDB. Considerando os votos válidos (sem brancos e nulos), o resultado seria 54% a 46%. É o que indica nova pesquisa do Datafolha, encomendada pelo jornal "Folha de S.Paulo" e pela Rede Globo, feita na última sexta-feira com 3.265 eleitores em 201 cidades do país, e publicada neste domingo. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Os dados da pesquisa foram antecipados pelo Blog do Noblat .

O próprio instituto ressalta que a sondagem não mede ainda o impacto completo da reestreia dos programas eleitorais dos dois candidatos, que voltaram a ser exibidos na tarde da sexta-feira. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 35114/2010.

Leia também: Dilma retira temática do aborto do programa de TV; Serra mostra Aécio Neves

O Datafolha comparou esses novos resultados com o cenário que antecedeu o primeiro turno das eleições. Numa simulação de segundo turno feita nos dias 1º e 2 de outubro, Dilma aparecia com 52% das intenções de voto, 12 pontos percentuais à frente do tucano. Existiam ainda 5% de eleitores votando em branco, nulo ou nenhum e outros 3% de indecisos. Nessa comparação, a candidata do PT perdeu quatro pontos, enquanto Serra avançou um ponto. Diz o Datafolha que os pontos perdidos por Dilma foram incorporados ao contingente de votos em branco ou nulo e de indecisos, que chega agora a 11%.

Em 2002 e 2006, o percentual de brancos e nulos foi de 6% e 5,5%, respectivamente. Em avaliação publicada pela "Folha", o diretor-geral do Datafolha, Mauro Paulino, afirma que se esse mesmo nível de brancos e nulos se repetir nestas eleições, haveria 5% de eleitores que seriam alvos de Dilma e Serra. Nesse cenário, mesmo que todos votassem no tucano, ele ainda ficaria numericamente atrás da petista (46% a 48%).

Voto de Marina migra para tucano

Serra herdou a maioria dos votos declarados no primeiro turno para a candidata do PV, Marina Silva. Pela nova pesquisa do Datafolha, ele ficou com 51% dos quase 20 milhões de votos dados a Marina, enquanto Dilma teve 22%.

A intenção de voto na candidata do PT apresenta tendência de queda. Em levantamento feito nos dias 28 e 29 de setembro passado, a petista tinha 31% dos votos de eleitores da candidata verde. Já na véspera do primeiro turno, esse percentual caiu para 29%. No caso de Serra, o Datafolha aponta para uma estabilidade. Ele tinha 51% da preferência nos dias 28 e 29 de setembro, oscilou para 50% próximo do primeiro turno e agora voltou aos 51%.

Pelo Datafolha, o que aumentou entre os eleitores do PV foi o percentual de indecisos. Eram 4% antes do primeiro turno e agora chegam a 18%. Outros 9% disseram que pretendem anular o voto ou votar em branco.

Maioria no Nordeste assegura vitória de Dilma

A vitória de Dilma apontada pela pesquisa é explicada pela larga margem de votos da petista no Nordeste, que concentra o maior número de beneficiários do Bolsa Família. Dilma aparece com 62% das intenções de voto na região, o dobro dos 31% dados a Serra. Em outras regiões, o tucano está à frente ou empatado com a ex-ministra na margem de erro (de dois pontos para mais ou para menos).

No Sudeste, por exemplo, há empate técnico: Serra tem 44% das intenções de voto, contra 41% de Dilma. Essa situação se repete na combinação das regiões Norte e Centro-Oeste, com Serra registrando 46% e Dilma, 44%.

A vantagem do candidato do PSDB é maior no Sul do país, onde 48% dos entrevistados disseram que vão votar no tucano, enquanto Dilma tem 43%.

O Globo

0 comentários:

Postar um comentário