sexta-feira, 8 de outubro de 2010

JACKSON LAGO DIZ QUE SERRA SIMBOLIZA O ANTI-SARNEYSMO NO MARANHÃO


“Serra é o anti-Sarney no Maranhão", definiu o ex-governador do Estado, Jackson Lago (PDT). O comitê do tucano vai funcionar no mesmo local onde foi instalado o comitê de campanha da coligação "O Povo é Maior", que teve Lago como candidato ao governo.
     A campanha do tucano deve ser conduzida pelo pedetista, um dos mais veementes na defesa da candidatura de Serra no Maranhão. NO meio da semana, Jackson Lago reforçou seu interesse em eleger o tucano para a presidência. Provocou a ira da deputada estadual Helena Barros Heluy (PT), ligada ao PT que defende aliança com os Sarney no Maranhão.
     Entre os tucanos, Roberto Rocha e Edson Vidigal, ambos candidatos derrotados na disputa por uma das duas vagas no Senado reservada ao Maranhão, disputam prestígio.
Vidigal, que deixou o PSB e ingressou no PSDB em busca de uma legenda para sua candidatura ao Senado, já demonstrou ter prestígio com o alto tucano. Na reunião da cúpula do partido, Vidigal conduziu Jackson Lago para a liderança da campanha no Maranhão. O pedetista teve até mesmo direito a fala em meio a tantos tucanos eleitos.
     Como presidente regional do PSDB, Roberto Rocha tem despertado suspeitas. Na véspera da realização do pleito, material de propaganda de Rocha, ao lado de Dilma e o bando político ligado ao Sarney, ganhou divulgação privilegiada na seara sarneysta. Dileto amigo do empresário Fernando Sarney, Roberto Rocha tem tratamento especial na mídia dos Sarney. Acredita-se que não será esse prestígio que ele usará na campanha pró-Serra.

BLOG DU BÓIS

0 comentários:

Postar um comentário