quinta-feira, 11 de novembro de 2010

LOJA DO NENA É ASSALTADA EM BURITI DE INÁCIA VAZ

O assalto aconteceu ontem à noite por volta das 19 horas e 20 minutos, no finalzinho do expediente no momento em que o estabelecimento estava sendo fechado, restava apenas uma pequena porta de acesso aberta. O proprietário, cinco auxiliares e dois clientes se encontravam no interior do recinto, quando repentinamente foram surpreendidos por dois homens á procura de cigarros, mas tão logo tomaram conhecimento do ambiente anunciaram o assalto e fecharam a porta.

Os bandidos estavam fortemente armados, ao anunciarem o roubo, de arma em punho, mandaram que todos deitassem no chão e permanecessem quietos, exceto o senhor Nena, o dono do comércio que tinha a chave do cofre, para onde foi levado sob a mira do revólver com o cano da arma por vezes tocando sua cabeça, exigindo o dinheiro rápido. Enquanto isso, o outro comparsa ameaçava os demais, também exigia dinheiro de um dos clientes que era um gaúcho do qual levaram R$ 400,00 (quatrocentos reais) e de uma outra pessoa tomaram R$ 24,00 (vinte e quatro reais).

Como no cofre havia muito dinheiro trocado, o bandido ao perceber isso parece ter se assustado com o volume e mandou que o outro facínora parasse com a tortura que empreendia aos que estavam no chão, com todo dinheiro em mãos, aproximadamente R$ 15.000,00 (quinze mil reais), os criminosos bateram em retirada. Seguiram rumo até o momento não sabido, pois andavam de moto, veículo muito ágil e que trafega em qualquer vereda, muito difícil de serem alcançados quando perseguidos, imagine, sem ninguém no encalço.

O intrigante é que na sexta-feira passada a própria polícia avisara aos comerciantes locais que se prevenissem, pois teriam recebido uma “chuva” de telefonemas anunciando assaltos na região. Depois do ocorrido ontem, o fato foi denunciado às autoridades policias que prometeram investigar, mas até o momento nada foi apurado, as diligências continuam. Fatos desagradáveis e violentos como estes estão se tornando rotina em Buriti, a aproximadamente um mês a LOTÉRICA da esquina, fora assaltada praticamente no mesmo horário, com o mesmo modus operandi, ou seja, igualzinho a esse último.

A verdade é que as pessoas que trabalham, que ganham a vida com o suor do seu rosto, que pagam seus impostos em dia, que tentam viver com dignidade, parece estar entregues à própria sorte. Não adianta o Brasil ser a oitava economia do mundo e não conseguir proteger os seus cidadãos. Gastar 23 bilhões de reais com a educação por ano e não passar da septuagésima terceira (73) posição no ranking mundial, atrás de países sul americanos como a Argentina. Quando então teremos um país civilizado e decente?

0 comentários:

Postar um comentário