domingo, 30 de janeiro de 2011

QUEDA DE CABELO TEM SOLUÇÃO

Hoje em dia, numa sociedade em que se valoriza cada vez mais a aparência física, é importante ter vários cuidados com a sua imagem. Um dos aspectos incontornáveis é a calvície, popularmente designada por careca.

Porém nos últimos anos houve um grande esforço para combater esse problema. Existem cada vez mais pessoas procurando soluções para a calvície, por isso existem muitos estudos na área.

A calvície, muitas vezes é associada apenas ao sexo masculino, no entanto afeta tanto homens como mulheres embora de forma diferente. Nos homens começa por se manifestar na zona frontal e no caso das mulheres representa uma redução do volume e densidade do cabelo, sobretudo na parte superior.

Apesar de estar provado que os homens têm maior predisposição genética para a calvície, são as mulheres quem mais sofre com o problema, pois têm tendência a escondê-la essencialmente por vergonha.

As causas para a queda de cabelo podem ser várias. Alguns fatores são temporárops e com estes não se deve preocupar em excesso. Outros são fatores do dia-a-dia como as várias agressões a que cabelo está sujeito. Outro fator muito importante é o genético.

Uma das causas mais comuns é a agressividade ao pentear o cabelo. Uma alimentação pobre em proteínas também pode resultar em queda de cabelo. Doenças como anemia, ou até mesmo febres e infecções podem também prejudicar os fios. A solução para estes casos é recuperar a saúde.

Outro fator importante é o uso de produtos químicos no cabelo. O uso incorreto pode contribuir de maneira significativa para a queda de cabelo. Leia sempre o folheto do produto que for utilizado e procure sempre bons profissionais para orientá-lo.

O uso da pílula em alguns casos também contribui para a perda do couro cabeludo. Caso a queda aumente muito consulte um médico sobre a troca do medicamento.

Evite o uso de tabaco e álcool, que intensificam o problema. O secador, quando usado muito frequentemente também contribui para a queda de cabelo. Modere a utilização, ou, de preferência, deixe mesmo de o utilizar.

No caso das mulheres pode ocorrer uma maior perda de cabelo durante a gravidez e pós-parto, mas isto é normal e quase sempre passageiro. Neste caso não tem que se preocupar.

O tratamento varia de acordo com o estado em que o couro cabelo se encontra e qual o grau da calvície.

Se a calvície ainda for fraca um tratamento a base de produtos como cremes ou shampoos ou em gotas, pode ser eficaz. Caso seja mais grave outros métodos também devem ser utilizados. Além do uso de produtos existe outro método mais eficaz a base de clonagem, multiplicação, transplantes ou implantação de cabelo Para decidir o que tem de fazer é aconselhável que consulte o seu médico (ou dermatologista).

Kirna Mota Nascimento - Redação Saúde Plena

0 comentários:

Postar um comentário