sábado, 5 de fevereiro de 2011

ATOS, FATOS & BARATOS DO JP

Te cuida, Fernando

Aliados de Sarney estão sendo presos ou tendo a prisão preventiva decretada pelo país afora. A caça aos sarneysistas começou no Amapá, fez um estágio no Piauí e agora está no Maranhão à procura de saqueadores de cidades. Estão na cadeia, praticamente, quase todos os membros da família do deputado Rigo Teles, correligionários de coração do sistema político aqui implantado pelo Senador José Sarney. E como quase todos os correligionários desse sistema, podres de rico.

As acusações contra a família de Nenzim, o prefeito, são mais ou menos as mesmas que pesam contra o filho do Senador, o empresário Fernando Sarney: apropriação de recursos públicos, lavagem de dinheiro, crime contra a ordem tributária e formação de quadrilha.

Os céticos não aceitam quando se diz que a Justiça brasileira já não é a mesma submetida ao tráfico de influência, mas cabe que se advirta por dever de ofício: Te cuida, Fernando! Silas Rondeau, amigo e protegido de Sarney, é um dos principais alvos do Ministério Público Federal e da Polícia Federal, conforme o site da Federação dos Policiais Federais.

Ele seria sócio oculto de escritórios de consultoria para mascarar recebimento de recursos por serviços prestados a empresas privadas. É mais um que também pode ser preso a qualquer momento.

Assim como outros prefeitos maranhenses ligados ao esquema Sarney, além de Nenzim, estão na mira do MPF e da Polícia Federal. A prisão de governadores, prefeitos, secretário de segurança, a possível prisão de um ex-ministro e uma sucessão interminável de investigações de pessoas ligadas a Sarney, não são episódios estanques e justificam o temor do patriarca pelo destino do filho.

Talvez seja mesmo o que force sua presença na Presidência do Senado. Te cuida, Fernando, te cuida. Se está difícil a situação dos saqueadores de cidades, é melhor que os saqueadores de Estados e Ministérios ponham as barbas de molho.

(jmcunhasantos.blogspot.com)

0 comentários:

Postar um comentário