quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

BEM VINDOS AO INFERNO

93 foram assassinados em presídios maranhenses

A seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MA) protocolou ofício nesta terça-feira (15), na Assembleia Legislativa, solicitando a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar graves fatos relativos à situação do sistema carcerário no Maranhão. Cópia do ofício foi entregue pessoalmente, hoje pela manhã, por uma comissão de advogados da OAB, ao presidente ao presidente da Assembleia, deputado Arnaldo Melo (PMDB).

No documento, entregue pelo advogado Mário Macieira, presidente da seccional da OAB/MA, a Arnaldo Melo, a OAB aponta várias irregularidades no sistema prisional do Maranhão, muitas das quais vêm sendo denunciadas pela Comissão de Direitos Humanos da Ordem desde 2007. De acordo com o documento, só em 2011 já morreram sete presos nas prisões maranhenses, resultando, de 2007 até esta data, 93 mortos.

Anexo ao ofício consta o relatório da Comissão de Direitos Humanos da OAB/MA com os nomes de todos os 93 presos mortos nas prisões do estado no período de 2007 a 2011, com as respectivas datas e idades.

A Ordem pede que a Assembleia Legislativa instale a CPI a fim de que a gravíssima situação do sistema carcerário possa ser efetivamente enfrentada e as soluções efetivamente perseguidas, para que, além de tudo, sejam evitadas novas rebeliões e cenas dantescas como as que foram presenciadas nos presídios de São Luís e Pinheiro.
 
Do Blog do JM Cunha Santos

0 comentários:

Postar um comentário