terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

BISPOS DO MA DIZEM QUE O ESTADO PISOTEIA DIREITOS BÁSICOS DO POVO

“Preocupa-nos que empresários, quadrilhas do colarinho branco, setores do Estado e do Judiciário pisoteiem direitos básicos, transgridam impunemente normas ambientais, desconsiderem medidas básicas de prevenção à saúde pública, agridam povos e territórios tradicionais, rios, matas, seres vivos em geral”.

Esse trecho faz parte da carta em que bispos maranhenses, reunidos em Carolina, afirmam que a dura verdade é que grande parte do povo maranhense continua vivendo em situação de sofrimento e abandono.

Dizem os bispos que percebem no povo um sentimento difuso de otimismo, oriundo das promessas oficiais de emprego, de um lado e, de outro, um desejo humano profundo, legítimo, de caráter pessoal, de sair definitivamente da situação de abandono institucional à qual foi relegado até hoje o povo do Maranhão.

Do blog JM Cunha Santos/JP

0 comentários:

Postar um comentário