domingo, 6 de fevereiro de 2011

OS PETISTAS PERGUNTAM: PARA ONDE VAMOS?


Diversas tendências do Partido dos Trabalhadores se reuniram ontem no auditório do jornal “O Imparcial” para discutir, dentre outros assuntos, a permanência ou não no Partido. A reunião contou com as presenças do deputado estadual Bira do Pindaré e do deputado federal Domingos Dutra que ao lado de Márcio Jardim coordenou o evento. Foi visível o temor de expulsão e do esvaziamento das tendências no Partido.

O governo usa a experiência de Washington Luís na esquerda para avançar sobre os movimentos sociais e os petistas ligados a Dutra e Bira do Pindaré, enquanto apontam as fragilidades do Governo e discutem seus próprios erros, inclusive os históricos, buscam novas estratégias de luta, no caso contra o governo e contra a própria cúpula do Partido dos Trabalhadores.

Uma das constatações: Sarney sempre se apropriou no Maranhão dos partidos no poder a nível nacional. “Agora é a vez do PT”, disse o professor Chico Gonçalves. Os petistas também lamentaram a constância de casos de corrupção envolvendo a sigla (Anselmo, Fapema, compra de delegados etc.) desde a aliança com o grupo Sarney. Outra constatação: não houve traição da direção nacional. A traição ao PT foi cometida aqui. Uma terceira: ninguém entre os presentes parecia ter dúvidas de que a fraude eleitoral venceu as eleições de 2010, muita gente sabe disso e só por isso foi possível a derrota de Roseana na Assembléia.

Até ontem, pelo número de manifestações, vencia a tese de permanência no PT. Alguns, com 20 ou mais anos de militância, chegaram a se perguntar: Se sairmos do PT, para onde vamos?

Uma Carta ao Povo maranhense será elaborada e deve ser divulgada neste domingo. Nela os “companheiros” vão explicar as razões da permanência ou não no partido dos Trabalhadores.

Parabéns, Dr. Washington.

Fonte: Blog do JP Cunha Santos

0 comentários:

Postar um comentário