sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

VICE PODE ESTAR ENVOLVIDO EM CORRUPÇÃO DO INCRA-MA

Delegado federal já confirmou os envolvimentos de Raimundo Monteiro e Benedito Terceiro
Washington Oliveira
Enquanto crescem as suspeitas, citadas em vários órgãos de imprensa, de que o próprio vice- governador do Estado pode estar envolvido num esquema de corrupção que desviou R$ 150 milhões, de R$ 500 milhões repassados pelo INCRA para construção de casas em assentamentos no Maranhão, habeas corpus preventivos estão garantindo a liberdade de dezenas de pessoas caçadas pela polícia.

O vazamento de informações em torno da Operação Donatários, da Polícia Federal e Controladoria Geral da União, pode ter prejudicado 3 anos de investigações, impedindo a prisão dos envolvidos. Mas em entrevista à imprensa, o superintendente da Polícia Federal, Fernando Segóvia, confirmou os envolvimentos de Raimundo Monteiro, preposto do vice-governador do Estado Washington Oliveira. Os dois, juntos, garantiram na marra o apoio do PT a Roseana Sarney na última eleição. Monteiro é ex-superintendente do INCRA no Maranhão, indicado pelo vice-governador.

O delegado confirmou também o envolvimento de Benedito Terceiro, atual superintendente do INCRA e indicado do senador sarneisista Epitácio Cafeteira. Quando assumiu o INCRA, Terceiro denunciou Monteiro afirmando que processos que deveriam estar guardados no órgão viajavam pelo interior do Maranhão em mãos de empreiteiros responsáveis pela construção de casas em assentamentos.

Os recursos públicos federais desviados chegaram ao Maranhão para atender a modalidade crédito e instalação destinada a beneficiários do Projeto Nacional de Reforma Agrária.

Até agora a Polícia Federal realizou diligências em pelo menos 16 assentamentos do INCRA, inclusive nos municípios de Icatu, Santa Helena, Turiaçu, Santa Luzia, Centro Novo e Barreirinhas. O esquema montado pela quadrilha incluía a liberação dos recursos para construção de casas em assentamentos diretamente para associações cujos presidentes tinham ligações com a quadrilha.

Os crimes de que são acusados Monteiro, Terceiro e o restante dos caçados pela Polícia Federal são formação de quadrilha, peculato, corrupção e concussão.

Do Blog do JM Cunha Santos/JP

0 comentários:

Postar um comentário