quinta-feira, 5 de maio de 2011

COM CHUVAS, RODOVIA DO MA É DESTRUÍDA POR RIO

Foto: Jarivânio Alencar/blog "jarivanio.com"
Temporais que castigam o Estado romperam três trechos da rodovia, a principal ligação entre o Maranhão e o Pará

As chuvas que castigam o Maranhão desde o início do ano estão deixando milhares de desabrigados e comprometendo a infraestrutura do Estado.

Desde a semana passada, a BR-316 vem sofrendo com as chuvas. Três trechos da rodovia foram destruídos entre as cidades de Governador Nunes Freire e Maracaçumé (respectivamente a 459 e 470 quilômetros de São Luís).

Estrada é destruída pelo rio, no interior do Maranhão
Um deles, o km 58 da rodovia, rompeu-se no último domingo e interrompeu o tráfego de veículos durante 48 horas. Nos km 62 e km 65, a rodovia foi parcialmente destruída, mas a circulação de automóveis ainda ocorre em meia pista. As enxurradas foram provocadas pela inundação do Rio Rurupi, que corta a rodovia.

O Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit) está no local realizando reparos emergenciais e, na noite de terça-feira, liberou parcialmente o tráfego de veículos no km 58. Apesar disso, no trecho ainda existe um congestionamento de aproximadamente 10 quilômetros, conforme informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Outro trecho destruído
Alguns caminhoneiros ainda não conseguiram transpor o trecho desde domingo. A rodovia BR-316, neste trecho interrompido, é a principal ligação do Maranhão com o Pará e também liga o extremo norte do Estado com a capital, São Luís.

Chuvas no Nordeste:
Em função da inundação do Rio Gurupi, 1.018 moradores de Governador Nunes Freire foram obrigados a deixar as suas casas, conforme dados da Defesa Civil Estadual.

A cidade hoje, sozinha, já responde por aproximadamente 10% dos desabrigados em todo o Maranhão. Dez mil pessoas ainda estão alojadas em abrigos públicos (desabrigados) ou em casas de parentes (desalojados) no Estado em função das chuvas.

Wilson Lima, iG Maranhão

0 comentários:

Postar um comentário