quinta-feira, 26 de maio de 2011

POLICIA DO MA USA VIOLÊNCIA CONTRA RODOVIÁRIOS EM SLZ

A Polícia Militar usou bombas de efeito moral e balas de borracha para conter a manifestação de trabalhadores e usuários do sistema de transporte coletivo de São Luis, nesta quinta-feira, 26. 
O tumulto que resultou em ônibus depredados e pelo menos três manifestantes presos, começou por volta das 10:30h da manhã, quando os trabalhadores rodoviários

pararam os ônibus, nas proximidades da Praia Grande, região Central de São Luis para fazer uma manifestação contra uma decisão da Justiça do Trabalho, que decretou a ilegalidade e a abusividade da greve e autorizou as empresas a contratarem trabalhadores para substituir os grevistas. A justiça tambem estipulou multa de R$ 100 mil por dia para o sindicato, caso a categoria não colocasse 80% da frota de ônibus para circular imediatamente, conforme decisão judicial da semana passada.

Outro motivo de revolta dos trabalhadores, segundo o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Dorival Sousa, foi uma ordem partida dos empresários para que os ônibus retornassem as garagens, temendo depredação.

  Quando os ônibus pararam, usuários se revoltaram por terem sido deixados no meio do caminho, dando inícia a confusão. Antes da chegada da polícia, alguns ônibus tiveram os vidros quebrados e pneus esvaziados. 

De acordo com os policiais do Batalhão de Choque, três rodoviários foram presos acusados de depredar os ônibus e ameaçar os motoristas que estavam  trabalhando.

O presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, Dorival Sousa,  condenou a ação da Polícia e disse que que a categoria estar unida e que a greve continua.

Os rodoviários reivindicam 16% de reajuste salarial, aumento no valor do tiket alimentação e no numero de dependentes do plano de saúde. 

Central de Notícial

0 comentários:

Postar um comentário