sábado, 30 de julho de 2011

VALE AFIRMA QUE INVESTIU US$ 701 MILHÕES NO MA, VEJA

A Vale investiu US$ 701,4 milhões no Maranhão no segundo trimestre de 2011, encerrando o primeiro semestre do ano com um acréscimo de 42% em relação ao mesmo período de 2010. Os investimentos socioambientais somaram US$ 4 milhões.

A Vale tem hoje no Maranhão 10.065 empregados e, em função dos diversos investimentos que a empresa mantém no estado, está gerando mais 11.218 empregos em canteiros de obras dos projetos em andamento.      
Os principais investimentos foram feitos na área de logística. Segudno dados da companhia, foram transportados 26,7 milhões de toneladas de produtos pela Estrada de Ferro Carajás (EFC) sendo que, deste total, 25,4 milhões de toneladas equivalem ao transporte de minério de ferro e 1,39 milhões de toneladas restantes equivalem ao total de carga geral.

Já o Terminal Portuário de Ponta da Madeira (TPPM) - incluindo as operações realizadas no berço 105, operado pela Vale no Porto do Itaqui - foi responsável neste segundo trimestre de 2011 pelo embarque de 24,7 milhões de toneladas de produtos, dos quais 23,2 milhões de toneladas equivalem ao transporte de minério de ferro e os 1,5 milhões de toneladas restantes equivalem ao total de carga geral.

Balanço geral
Ao todo, os serviços de logística da Vale geraram receita de R$ 950 milhões no segundo trimestre de 2011, 32,1% acima dos R$ 719 milhões do primeiro trimestre do ano. A receita de transporte ferroviário de carga geral no segundo trimestre aumentou para R$ 757 milhões ante R$ 588 milhões nos três primeiros meses de 2011, o que foi influenciado pelo início da safra agrícola no Brasil, que se estende pelo segundo e terceiro trimestres.

As ferrovias da Vale - Carajás (EFC), Vitória a Minas (EFVM), Centro Atlântica (FCA) e Norte-Sul (FNS) - bem como a participação proporcional da coligada MRS, transportaram 7,043 bilhões de toneladas por quilômetro útil (tku) de carga geral para clientes no 2T11, 23,8% superior aos 5,687 bilhões tku transportados no 1T11.

Produção de Minério de Ferro:
A produção de minério de ferro alcançou 80,3Mt no segundo trimestre de 2011, se constituindo no melhor  desempenho de um segundo trimestre. Ocorreu aumento de 12,2% sobre o trimestre anterior, tendo havido ganhos em todos os sistemas, Norte, Sudeste, Sul, Centro-Oeste, assim como na Samarco.

O fim do período chuvoso nos Sistemas Sudeste, Sul e Centro-Oeste ajudou a recuperação. A produção de Carajás alcançou 26 milhões de toneladas no segundo trimestre de 2011, crescendo 14,9% em relação ao trimestre anterior e 16,7% em relação ao mesmo período de 2010.

Com informações do Imparcial

0 comentários:

Postar um comentário