terça-feira, 9 de agosto de 2011

DEP. DE ROSEANA DIZ QUE A SAÚDE DO MA NÃO PRESTA

Ao tentar criticar visita de deputados a hospitais, Roberto Costa é envergonhado por Marcos Caldas: “a saúde do Estado não funciona, é um caso de polícia”

O deputado Roberto Costa (PMDB) na função que lhe foi atribuída de menino de recados da governadora Roseana Sarney, que faz a pior gestão de toda a vida dos maranhenses, e no afã transloucado de criticar a todo custo, sem nenhum embasamento e fundamentação sólida, diga-se de passagem, a administração do prefeito João Castelo, acabou passando por uma saia justa na sessão desta terça-feira (09) quando tentava criticar a visita que deputados de oposição realizavam nos hospitais estaduais de São Luís.

De acordo com Costa, os parlamentares oposicionistas também deviam fazer uma vistoria nos hospitais municipais, como o Socorrão I e II, que segundo ele, “a população está sofrendo” com o atendimento oferecido. Foi aí quando o deputado Marcos Caldas (PRB), que é da base do governo Roseana na Casa, interveio, afirmando que “a saúde do Estado não funciona” e que era “um caso de polícia”.

- Eu não sou advogado de ninguém e nem estou aqui para defender o indefensável, mas já fui ao Socorrão e realmente lá a coisa é feia. Mas o problema, deputado, é que a saúde do Estado também não funciona. E aí fica muito difícil só o Socorrão resolver todos os casos do município e do Estado. Na região do Baixo Parnaíba, que é a região que onde são atendidos pelo Piauí, foi cortado o convênio com o Piauí e o povo do Baixo Parnaíba está morrendo dentro dos carros, querendo ser atendido no Piauí e não é mais atendido. E quando mandamos para cá o único hospital que recebe é o Socorrão e assim mesmo às vezes pessoas com acidentados e com fraturas expostas, passam de 30 dias para serem atendidos porque a fila é muito grande. Já teve casos de pessoas que vieram da região e eu acompanhei, que perdeu perna, que perdeu dedo e que perdeu muitas e muitas coisas. Então, nós temos que reaver essa situação, porque a saúde no Maranhão hoje é um caso de polícia. Só queria complementar. Muito obrigado – disparou Marcos Caldas.

Constrangido ao ver que um próprio colega de bancada governista estava criticando a péssima gestão da governadora Roseana Sarney na área de Saúde, Roberto Costa, sem argumentos e totalmente envergonhado coma saia justa que o colega que lhe meteu, tentou colocar a culpa nos prefeitos a fim de justificar o caos pelo que passa o sistema de saúde do Estado. – Agora, antes de nós também, deputado, vamos ver nos nossos municípios o que os nossos prefeitos, que recebem recursos também no município, do SUS, o que eles estão fazendo com os nossos recursos? – disse Costa.

Marcos Caldas não deixou por menos e emendou dizendo que os hospitais do Estado estão fechados e que, portanto, todos recorriam aos Socorrões. – Deputado Roberto V.Exª. falou o meu nome, só para complementar, eu sempre que peço é em beneficio da população, não é em meu beneficio, eu tenho plano de saúde não é, essa Casa paga para todos nós e eu peço sempre em beneficio de alguém, quem socorre e tem sempre me socorrido é a Deputada Gardênia. Agora se não fosse essa situação eu não teria pedido para ela, porque o cidadão teria de chegar e ser atendido de imediato em todos os hospitais, como a maioria esta fechada e não funciona, o único que funciona é esse ruim, mas funciona é que quebra o galho do povo – criticou Caldas.

Veja a que ponto chegamos. Até um deputado que faz parte da base de sustentação roseanista reconhece que a saúde do Estado está na UTI, menos o deputado Roberto Costa, que movido pela paixão e o puxa-saquismo em alto grau, acha que o reinado da patroa anda as mil maravilhas. Só ele e uma turma de subservientes que se locupletam das benesses do poder.

Blog do John Cutrim

0 comentários:

Postar um comentário