sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

INTERMEDIAÇÃO DA OAB NO MA DEVE COLOCAR FIM À GREVE DOS POLICIAIS, CONFIRA AQUI

A segunda reunião com objetivo de colocar um fim ao impasse entre policiais em paralisação e o Governo do Estado terminou com a melhor perspectiva de solução nesta sexta-feira (2), na sede da Ordem dos Advogados do Brasil no Maranhão.

Participaram da reunião o coronel Medeiros, o soldado Leite e o subtenente Aragão, representando os policiais em paralisação. O Governo do Estado foi novamente representando pelo secretário de Projetos Especiais e senador licenciado, João Alberto de Souza. A Diretoria da OAB/MA, solicitada a intermediar a negociação, foi representada pelo presidente Mário Macieira; pela vice-presidente, Valéria Lauande; e pelo tesoureiro, Valdênio Caminha.

Ao ser questionado por jornalistas sobre a importância da OAB no processo de negociação, o presidente da OAB/MA, Mário Macieira, considerou: “A mediação só dá certo se as partes escolherem quem vai intermediar a negociação. A OAB foi escolhida pelas partes, foi um processo difícil, nós ponderamos, pedimos flexibilidade de cada lado. Acredito que a instituição goza de credibilidade e da confiança da sociedade”.

O encaminhamento final das propostas resultou em um aumento de 10,4%, em 2012; 7%, em 2013 e 7%, em 2014 - além do aumento de 50 reais no Auxílio Refeição, a partir de agosto de 2012, que passará a vigorar com o valor de 300 reais.

Neste momento, os policiais se reúnem em assembleia para decidir se aceitam a proposta apresentada na reunião. Caso sejam aceitos os percentuais propostos, eles devem voltar à sede da OAB/MA, ainda nesta sexta, para homologar o acordo, em presença da Diretoria da Seccional.

Fonte: Jornal Pequeno

0 comentários:

Postar um comentário