domingo, 5 de fevereiro de 2012

BIRA É A RESISTÊNCIA AOS MERCADORES DO PT, VEJA

“Eles podem ter a máquina, o dinheiro, a estrutura enorme da oligarquia, porém, eles não têm a dignidade. Nós podemos sair na rua de cabeça erguida e falar com todo mundo, pois temos a certeza que nossa luta é feita de forma limpa e sem coação. Eles não podem fazer isso, não tem moral e nós com nossa militância aguerrida e lutadora vamos vencer esta batalha”, disse Bira.
O discurso de lançamento da pré-candidatura de Bira do Pindaré ressuscita velhos postulados do Partido dos Trabalhadores. A oligarquia Sarney é antes de tudo um lamaçal infestado de tapurus e lombrigóides que, definitivamente, desconhecem o perfume da moral e da dignidade políticas. Se erguerem a cabeça ela pode desabar do pescoço. A banda podre do PT adotou todas as práticas do coronelismo aético e elegeu a submissão fiduciária, a coação financeira como discurso finalista. O objetivo é esquartejar a militância do PT de seus princípios; transformá-la num regimento de múmias desossadas batendo cabeça para um projeto de ditador chamado Washington Oliveira.

Nomes históricos do PT, inclusive uma lenda viva da resistência à ditadura e ao coronelismo, Manoel da Conceição, assinaram o manifesto em favor da candidatura de Bira do Pindaré. Outros, entretanto, mancham suas biografias, se deixando arrastar para o charco das consciências compradas. Falta pouco para que digam: “Sarney é PT e o PT é Sarney”. Está aí um slogan que caberia sem retoques na campanha de Washington Oliveira. Adote-o, vice-governador.

Não se trata de puritanismo ideológico. Ser Sarney é ser contra a Nação brasileira, essa que se manifesta nas redes sociais, nas praças públicas de todo o país. O povo não gosta dele, a juventude nacional não gosta dele, Dilma Roussef não gosta dele, o Maranhão não gosta dele, o Amapá não vê a hora de se livrar dele. Só os ministros corruptos cujas cabeças todos os dias rolam escadarias abaixo ainda o reverenciam. Só eles e o PT/Macaxeira do Maranhão.

Nada contra a pretensa candidatura do senhor Washington Oliveira. Sua militância política no correr dos anos até que o credencia a isso. O mal maior é que esteja corrompendo a militância do Partido dos Trabalhadores, avaliando o preço de cada um, leiloando apoios, chafurdando cabeças. Felizmente, há no Partido sinais de resistência muito fortes a esse decúbito ventral, esse agachamento, essa prostração diante do dinheiro e do poder do senador José Sarney. E a candidatura de Bira do Pindaré neste momento é o mais forte sinal de resistência aos mercadores do PT.

Do Blog do JM Cunha Santos

0 comentários:

Postar um comentário