quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

BURITI DE INÁCIA VAZ DEPOIS DE 13 ANOS TEM NOVO PADRE

Seu nome é Francisco das Chagas Pereira, 52 anos, natural de São Bernardo-MA, cresceu em São Luís, trabalhou em Tutóia-Ma, é identificado com as comunidades, com as pastorais, com os movimentos sociais e dialoga sem constrangimentos com os irmãos evangélicos. O novo padre ainda não foi empossado, evento que só acontecerá dia 04 de março do próximo mês, mas mesmo assim já assumiu de fato as celebrações da Igreja Matriz de Buriti, sua primeira missa aconteceu na sexta-feira à noite, momento em que se apresentou como o novo vigário da comunidade buritiense.
Padre Chagas - Tubi News
Buriti é uma cidade de poucos padres, não se sabe se isso é bom ou ruim, os irmãos padres Júlio e José de Freitas Costa, tiveram um longínquo apostolado à frente da paróquia de Buriti, foram mais de 30 anos. Claudinei Pereira de melo, conhecido como padre Ney, foi último a deixar a paróquia, permaneceu aqui por longos 13 anos. Em quase 50 anos, Buriti pode se dizer que contou com apenas 2 padres, já que os irmãos Costa, trabalharam em tempos concomitantes.
O padre Chagas em sua terceira missa realizada às 19 horas de domingo (19) foi categórico: ”eu vim para cá ensinar o jeito de pensar, não como quero, mas como Jesus Cristo quer. Pensar verdadeiramente”, disse. Em suas falas deixou claro que é um pároco bem intencionado, comprometido com as causas do espírito e do cotidiano coletivo. Preocupa-se com as nomenclaturas e conceituações técnicas litúrgicas, está sempre às voltas com as definições porque são elas as bases do ser e do dever ser.
Finalizando a celebração, o padre Chagas fala das dificuldades materiais da Paróquia, pois não encontrou nada, momentaneamente está sendo acolhido pela família Faria. Disse que a casa paroquial vai ser reformada pela Dona Candinha, quem quiser ajudar deve procurá-la. Avisou que a casa paroquial e os bens da Igreja de Buriti não são dele, que quando for embora deixará tudo. Lembrou ainda que a Paróquia de Buriti já tinha dinheiro, cerca de R$ 164,00 (cento e sessenta e quatro reais) resultante das ofertas das primeiras três missas celebradas.

0 comentários:

Postar um comentário