quinta-feira, 8 de março de 2012

Atlético-PR perde por 2 a 1 para o Sampaio e leva decisão para Curitiba

Sob o comando de Edgar, Sampaio consegue uma importante vitória em casa e vai decidir a vaga na próxima quinta-feira, 15, em Curitiba.
A torcida não lotou o Nhozinho Santos, mas fez uma festa empolgante. 

Sampaio Corrêa bate o Atlético Paranaense e garante o jogo de volta em Curitiba. Totalmente ofensivo e pressionando os visitantes, o Tricolor venceu o jogo de ida por 2 a 1 e a vaga será decidida na próxima quinta-feira (15) na capital paranaense.

O Sampaio começou a partida indo ao ataque e tentando furar o bloqueio da zaga do Furacão. Com uma postura, não demorou muito para o Tricolor abrir o placar. Aos 4 minutos do primeiro tempo, o atacante Edgar balançou as redes e fez a torcida aumentar ainda mais a festa que fazia desde o início nas dependências do estádio Nhozinho Santos.

O gol motivou a Bolívia, que no ritmo da torcida, continuou massacrando a equipe paranaense. Edgar comandava o time tricolor nas tentativas de aumentar o placar.

As tentativas surtiram efeito aos 21 minutos. Kléo cobrou falta com muita categoria e bola foi parar no fundo das redes.

O gol fez a torcida maranhense acreditar em uma possível goleada. Porém, as chances que foram surgindo, foram desperdiçadas. O castigo veio aos 35 minutos ainda do primeiro tempo. Harrison mandou a bola no ângulo, tirando qualquer possibilidade de defesa para Rodrigo Ramos.

Mesmo com o gol do Atlético, o Sampaio continuou atacando e perdendo chances. Kléo e Edgar comandavam a linha de ataque tricolor. Mas o primeiro tempo terminou mesmo com o placar de 2 a 1.

Na volta para o segundo tempo, o rendimento das duas equipes caiu muito em relação a primeira etapa do jogo. Edgar continuou criando as melhores chances para o Sampaio e o jogador Niesta, que entrou no segundo tempo, criou as poucas chances para o Atlético Paranaense.

Aos 34 minutos, a torcida boliviana reclamou muito e pediu cartão vermelho para o zagueiro Manoel da equipe do Atlético, quando este derrubou Edgar. O juiz, entretanto, deu apenas cartão amarelo. Manoel é maranhense da cidade de Bacabal.

A reclamação da torcida foi mais forte ainda, quando aos 41 minutos, o bandeirinha marcou impedimento de Edgar. O atacante boliviano recebeu a bola e já ia fazer o terceiro do Sampaio, quando a irregularidade foi marcada.

Final de jogo. Melhor para o Sampaio Corrêa que conseguiu uma imprtante vitória em casa e vai decidir a vaga na próxima quinta-feira, 15, em Curitiba.

Do Imparcial

0 comentários:

Postar um comentário