terça-feira, 13 de março de 2012

Barco com 200 a bordo afunda em Bangladesh: ao menos 35 se salvam

Dezenas de pessoas estão desaparecidas após uma embarcação com cerca de 200 pessoas a bordo afundar em um rio no sul de Bangladesh na manhã desta terça-feira, disse a polícia, segundo informações da BBC.
O chefe de polícia local, Mohammad Shahabuddin Khan, afirmou que cerca de 35 pessoas conseguiram nadar até a margem depois do incidente no rio Meghna, a cerca de 32 km ao sul da capital Dhaka. Informações preliminares dão conta que a embarcação foi atingida por um navio cargueiro.

Khan acrescentou que equipes de busca estão tentando localizar o barco MV Shariatpur-1, que estava viajando de Dhaka para o distrito de Shariatpur. Enquanto a polícia conta cerca de 200 pessoas a bordo da embarcação, um sobrevivente no naufrágio, Dulal Dewan, disse que havia 300 passageiros no barco.

"Ainda não pudemos localizar o navio que naufragou. Minha estimativa é que há mais de 100 desaparecidos, talvez 150, mas isto ainda pode variar. A verdade é que há poucas chances de encontrá-los com vida", afirmou o superintendente de polícia distrital Shafiqul Islam.

É difícil apurar a quantidade exata de pessoas a bordo, uma vez que raramente as empresas mantêm uma lista de passageiros, sendo que a maioria deles compra bilhetes a bordo.

O transporte fluvial é primordial para a economia de Bangladesh, um país sulcado por grandes rios e canais cuja superfície se encontra quase ao nível do mar.

O mal estado dos navios e as insuficientes medidas de segurança são motivo frequente de acidentes: segundo dados da Autoridade Nacional de Transporte de Águas Fluviais em Bangladesh, 4.047 pessoas morreram em 396 sinistros nos rios entre 1977 e 2010.

Com informações da AP e EFE 

0 comentários:

Postar um comentário