sábado, 24 de março de 2012

Brasil Sem Miséria auxilia comunidades quilombolas do MA

Ação serviu para emitir 162 Declarações de Aptidão ao Pronaf e identificar e incluir famílias pobres no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

Ações do Mutirão Brasil  Sem Miséria beneficiaram famílias das comunidades quilombolas do município maranhense de Alcântara. Cerca de 20 técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (Sedagro) e da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp), visitaram os polos de Cajueiro (Cajueiro, Manival e Paquatiua) e de Marudá (Marudá, Pepital, Rio Grande e Peru) levar assistência técnica e extensão rural aos quilombolas.

Durante o mutirão - iniciativa do governo do Maranhão inspirada no Plano Brasil Sem Miséria, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) -, os técnicos emitiram 162 Declarações de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), conhecidas como DAP. Esse documento serve para o agricultor familiar acessar políticas públicas como o Pronaf.

Além disso, a ação permitiu identificar e cadastrar famílias com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa ou de três salários mínimos no total para que fossem incluídas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

Técnicos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), do Instituto Terra, da Secretaria de Estado da Igualdade Racial, do Núcleo de Programas Especiais, da Coordenação Estadual do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e das secretarias municipais de Agricultura e de Igualdade de Alcântara também participaram do mutirão, realizado de sexta passada (16) até terça-feira (20).


Fonte: O Imparcial

0 comentários:

Postar um comentário