segunda-feira, 26 de março de 2012

Cartão SUS inicia cadastrado no MA

Todas as unidades da rede de saúde mantidas pela SES iniciam o cadastramento de pacientes que ainda não tenham o Cartão SUS. Para retirar o cartão, basta apresentar RG, certidão de nascimento (no caso de crianças) e comprovante de endereço.
A partir desta segunda-feira (26), todas as unidades da rede de saúde (centros de especialidades, hospitais e Unidades de Pronto Atendimento) mantidas pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) iniciam o cadastramento de seus pacientes que ainda não tenham o Cartão SUS. A iniciativa visa atender o maior número possível de usuários do sistema que, a partir deste mês, deverão, obrigatoriamente, apresentar o cartão SUS no ato da marcação de consultas e realização de exames.

Emitido pelo Ministério da Saúde, o Cartão SUS tem abrangência nacional. É um documento gratuito de identificação do usuário, cuja cópia impressa em papel é emitida e entregue no momento em que é feito o cadastro. Posteriormente, o cartão plástico é enviado pelo Ministério da Saúde, via correio, para a residência da pessoa cadastrada. Além de facilitar a marcação de consultas e exames, o documento garante o acesso ao fornecimento gratuito de medicamentos e permite que o histórico clínico dos pacientes seja consultado a partir de uma base de dados.

"Todos os pacientes que buscarem as nossas unidades em busca de atendimento e não possuírem ainda o Cartão SUS poderão fazer seus cadastros ali mesmo, com os nossos atendentes", informou o secretário de Estado de Saúde, Ricardo Murad.

Para retirar o cartão, basta apresentar carteira de identidade, certidão de nascimento, (no caso de cadastro de crianças) e comprovante de endereço. O cartão também pode ser tirado com os agentes comunitários de saúde. Eles preenchem os formulários de cadastro que são enviados ao setor responsável para emissão dos cartões para serem entregues posteriormente aos pacientes.

Com a finalidade de facilitar o acesso da população ao cartão SUS, a SES fez o cadastramento de milhares de pessoas que participaram da ação de prevenção de câncer, diabetes e hipertensão realizada, em novembro, no Aterro do Bacanga, que ficou conhecida como Cidade da Saúde. A partir dessa experiência, as unidades estaduais de saúde foram estruturadas para atender os pacientes que chegassem para consultas e exames sem esse documento.

Um dos exemplos é o Hospital Adelson Lopes (Vila Luizão), que oferece esse serviço desde o ano passado. "O atendimento destinado à retirada do cartão SUS começou desde o ano passado e continua sendo realizado de segunda à sexta-feiras, pela manhã e à tarde", disse a diretora geral do hospital, Cristiane Bacelar.

A emissão do cartão SUS é um dos serviços oferecidos pelo hospital da Vila Luizão, que atendeu, somente nos meses de janeiro e fevereiro deste ano, cerca de sete mil pessoas. Somente em 2011 foram atendidas 1.380.310 pessoas.

Do Imparcial  

0 comentários:

Postar um comentário