quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Saiu edital para escolher estagiários do Programa Viva Primeiro Emprego


O governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectec), está oferecendo 315 vagas de estágio remunerado por meio do edital de seleção de estagiários do Programa de Estágio Viva Primeiro Emprego. Podem concorrer alunos concludentes de cursos de qualificação profissional dos Centros de Capacitação Tecnológica do Maranhão (CETECMAS), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia (Ifma).

Os interessados devem se inscrever no site do programa, www.primeiroemprego.ma.gov.br, na Plataforma Chance. Podem concorrer alunos com idade entre 18 e 30 anos, sem vínculo empregatício. Os estagiários selecionados serão remunerados com uma bolsa-estágio no valor de R$622,00, pelo período de três meses.

Segundo a secretária de Ciência e Tecnologia, Rosane Guerra, a expectativa do governo é que os estagiários tenham bom rendimento para que possam ser contratados pelas empresas participantes do programa. "O sucesso do programa está diretamente ligado ao índice de empregabilidade dos estagiários. Não queremos apenas oferecer o estágio, o desejável é que após o período de três meses de aprendizado esses estagiários tenham condições de serem efetivados no quadro das empresas", destacou.

Vagas
As vagas são para os municípios de Açailândia (31), Caxias (38), Imperatriz (19), São José de Ribamar (14) e São Luís (215), em áreas como marketing e vendas, técnico em informática, técnico em eletroeletrônica, auxiliar administrativo, auxiliar de contabilidade, dentre outros. A relação completa de vagas por área e para cada pólo está disponível no edital, na página do Primeiro Emprego.

Programa de Estágio

O Programa de Estágio Viva Primeiro Emprego faz parte do Maranhão Profissional, programa de formação continuada desenvolvido pela Universidade Virtual do Maranhão (Univima), sob a coordenação da Sectec.

A ideia do programa é aproximar os alunos matriculados nos cursos profissionalizantes do mercado de trabalho, por meio de parcerias entre o governo, a iniciativa privada e instituições de ensino públicas e privadas.

Serão selecionados para o estágio remunerado os alunos com melhor aproveitamento nos cursos, com idade entre 18 a 30 anos, e sem vínculo empregatício, para atuar em áreas como comércio, indústria e serviços.

Fonte: O Imparcial

0 comentários:

Postar um comentário