terça-feira, 20 de novembro de 2012

Polícia Civil e PM prendem quadrilha de assaltantes e traficantes na Regional de Barra do Corda

Durante o último fim de semana, as Polícias Civil e Militar prenderam um grupo envolvido em assaltos e tráfico de drogas nas cidades de Barra do Corda e Grajaú. Ao todo seis pessoas foram detidas, drogas foram apreendidas e duas motocicletas recuperadas durante as ações policiais.


Keni do Nascimento Timbira, Aldemar Rodrigues de Sousa, Mauricio Ribeiro de Oliveira, Carlos Bruno de Sousa Sardinha e Edmar Lopes Silva Filho foram presos em Grajaú. Em Barra do Corda, a polícia tirou de circulação Marcos Aurélio da Silva.

Com Marcos Aurélio, a Força Tática da PM apreendeu 70gramas de cocaína, uma pedra de crack com 7gramas e 25gramas de maconha. Além disso, foram apreendidos documentos de identidade e uma balança de precisão. A prisão aconteceu em uma casa no Bairro Altamira.

De acordo com o Delegado Regional de Barra do Corda, Alexsandro de Oliveira Passos, Marcos Aurélio foi autuado por tráfico de drogas e permanece à disposição da Justiça. A polícia acredita que Marcos Aurélio faz parte de uma quadrilha de assaltantes e traficantes oriundos de Brasília e que atuam em diversos crimes no interior do Maranhão.

Os demais componentes do grupo foram presos em Grajaú, na noite de sábado (17). Segundo a Polícia Civil, a quadrilha tomou duas motos de assalto e, logo em seguida, praticou dois assaltos a postos de combustível na região. Nos crimes, eles utilizavam um Chevrolet Astra, cor preta, placas JGN-6478 e dois revolveres calibre 38. A prisão ocorreu no Povoado Santa Maria, próximo a um reserva indígena.

Keni Timbira, Aldemar de Sousa, Mauricio de Oliveira, Carlos Sardinha e Edmar Filho foram encaminhados para a delegacia, e autuados por formação de quadrilha e assalto à mão armada. Tanto o veículo como as armas usadas nos crimes foram apreendidas e as motocicletas roubadas foram recuperadas. O grupo deve permanecer à disposição da Justiça para as medidas cabíveis.

Fonte: 1cn.com.br

0 comentários:

Postar um comentário