quinta-feira, 15 de novembro de 2012

TIM recebe ofício da Anatel pedindo suspensão de uma Promoção


Oferta permite ligações ilimitadas a R$ 0,50 por dia entre números da TIM.

A TIM recebeu ofício da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) pedindo a suspensão de uma promoção da operadora, lançada na última terça-feira (13), segundo a assessoria de imprensa informou nesta quinta-feira.

A oferta, valída para 19 DDDs em cerca de cinco estados, permite aos usuários fazer ligações ilimitadas entre números da operadora pagando R$ 0,50 por dia. A tarifa regular da TIM é de R$ 0,25 por ligação entre telefones da operadora.

Foi apurado que a Anatel irá publicar despacho cautelar na sexta (16) ou na segunda-feira (19) suspendendo o Plano Infinity Day, da operadora TIM. A agência teria considerado insuficientes as informações prestadas pela TIM sobre os impactos esperados na rede da operadora com a promoção. Com a suspensão, a Anatel quer que a TIM explique melhor como se preparou e preparou a rede para a promoção.

As razões técnicas específicas para a suspensão serão explicadas no despacho da agência, mas a medida teria como finalidade evitar sobrecarga na rede em um momento em que o plano de melhorias da operadora ainda está em fase de avaliação pela Anatel.

A TIM informou, em nota, que "foram transmitidas para a agência todos os detalhes técnicos e mercadológicos da iniciativa, que é limitada em 19 cidades para oportuna analise conforme regulamentação em vigor".

Suspensão de vendas

Em julho deste ano, a TIM teve a venda suspensa pela Anatel, em 18 estados mais o Distrito Federal, por conta das reclamações registradas entre janeiro de 2011 e junho deste ano.

As vendas foram liberadas depois de mais de dez dias de suspensão porque a operadora apresentou um plano de melhoria de rede, que foi considerado satisfatório pela Anatel.

Na época da liberação, o presidente da Anatel, José Rezenda, afirmou que as empresas se comprometeram a cumprir metas trimestrais de melhoria em suas redes e seus serviços e fiscalizaria o cumprimento dos planos em cada um dos estados. A agência deve se manifestar até o fim do mês sobre o andamento dos planos apresentados pelas operadoras.

Fonte: G1

0 comentários:

Postar um comentário