sexta-feira, 31 de maio de 2013

Os índices do Maranhão que Roseana Sarney quer esconder, confira tudo aqui

O estado do Maranhão apresenta o menor Produto Interno Bruto (PIB) per capita no Brasil. O Estado possui o menor índice de desenvolvimento social, de acordo com o Indicador Social de Desenvolvimento dos Municípios (ISDM), da FGV-SP. 

Tem a média mais baixa, com ISDM de 3,35, numa escala que varia de 0 a 10. O Maranhão tem proporcionalmente a maior concentração de pessoas em condições extremas de pobreza. Da população de 6,5 milhões de habitantes, 1,7 milhão está abaixo da linha de miséria (ganham até R$ 70 por mês). Isso representa mais que o triplo da média do país, segundo o IBGE. No quesito Educação, das 10 escolas com piores índices no Enem, cinco são instituições públicas do Maranhão
Em último lugar de todo o Brasil, aparece o Centro de Ensino Aquiles Lisboa, no município de São Domingos do Azeitão, que fica na região sul. Acumulamos ainda outro dado negativo no cenário nacional, somos o último colocado na distribuição de médicos, com 0,68 médicos para cada mil habitantes, ficando abaixo da média nacional que é de 1,95 médicos para cada mil habitantes. Na área de saneamento básico, somos um dos estados com pior rede de tratamento de esgotos do Brasil (relatório IBGE). 

O recente Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou que o Maranhão segue integrando o grupo dos estados brasileiros que apresentam os indicadores sociais mais sofríveis. A taxa de mortalidade infantil (número de crianças mortas no primeiro ano de vida, em mil nascidas vivas) ainda é alta. Para completar o Maranhão tem ao lado de Alagoas os maiores índices de analfabetismo do país, de 17,3% a 21,8%, e um dos piores índices de emprego e desemprego segundo o Caged. 

Em 2012 o Maranhão apresentou o menor índice de criação de empregos. Nos quatro primeiros meses de 2013, o Maranhão registrou um saldo negativo de 3.648 empregos. No mês de abril, os desligamentos somaram -736 (-0,16%). Na segurança são assassinatos, roubos, assaltos pela manhã, tarde e noite.


Blog do John Cutrim

0 comentários:

Postar um comentário