quinta-feira, 6 de junho de 2013

ESMPU cria site que ensinar cidadão fiscalizar os recursos públicos, veja

Ferramenta Fiscalize Também disponibiliza 16 tutoriais em vídeo com orientações ao usuário para acesso aos sistemas informatizados governamentais.

Ensinar o cidadão a fiscalizar a aplicação dos recursos públicos, utilizando ferramentas gratuitas disponíveis na internet. Esse é o objetivo da ferramenta Fiscalize Também, lançada pela Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU), no dia 29 de maio. O espaço conta com 16 tutoriais em vídeo que ensinam o cidadão a fiscalizar a aplicação dos recursos públicos, utilizando ferramentas gratuitas disponíveis na Internet.

O material orienta o usuário no acesso aos sistemas informatizados governamentais, que são abertos a todos os interessados, sem a necessidade de cadastro ou senha. Os vídeos mostram, por exemplo, como obter informações e acessar relatórios sobre orçamento da educação e da saúde de estados e municípios, exploração de minérios, compras e contratos realizados pelo governo federal, gastos de campanha dos candidatos às eleições, aplicação dos recursos federais destinados à merenda escolar, trajetória das emendas parlamentares, entre outros dados.

O objetivo é despertar no cidadão a consciência de que ele também pode verificar irregularidades, denunciar a gestão administrativa ineficiente e auxiliar o Ministério Público e outras instituições a combater a corrupção no Brasil. Trata-se de mais uma ferramenta de controle social e de uma tentativa de mobilização da sociedade para que ela participe ativamente do processo de gestão pública. Além dos tutoriais, o site disponibiliza links para os canais de atendimento do Ministério Público da União, a fim de que sejam formalizadas denúncias.

Segundo o procurador regional da República e diretor-geral da ESMPU, Nicolao Dino, “a iniciativa vem ao encontro da ideia de empoderamento dos membros da coletividade, facilitando o manejo de ferramentas destinadas ao controle social e à participação cidadã”.

Para assistir aos vídeos, basta acessar o endereço http://fiscalizetambem.esmpu.gov.br ou o canal da ESMPU no YouTube.

A iniciativa conta com o apoio da Assessoria de Pesquisa e Análise do Ministério Público Federal (Asspa/MPF) e de diversos órgãos públicos, que cederam os servidores responsáveis pelos sistemas informatizados para trabalhar na elaboração dos roteiros e na gravação dos tutoriais.

Com informações da ESMPU

0 comentários:

Postar um comentário