quinta-feira, 27 de abril de 2017

Nova data do depoimento de Lula foi vazado para o MBL, denuncia o deputado Paulo Pimenta

Na última segunda-feira, o deputado federal pelo PT do Rio Grande do Sul Paulo Pimenta foi alvo de armação parecida com a que o editor desta página sofreu no âmbito da acusação do juiz Sergio Moro de eu tê-lo ameaçado; Pimenta teve frases suas tiradas do contexto e editadas com a finalidade de difamá-lo e acusá-lo.

Menos mal que deputados tenham imunidade parlamentar em relação às suas opiniões e declarações. Contudo, devido à maioria conservadora que se formou na Câmara dos Deputados para dar o golpe e retirar direitos dos trabalhadores, sempre haverá o risco de tentarem alguma manobra para prejudicar o mandato do deputado mesmo com base em uma farsa.

Ou não foi com base em uma farsa que o Congresso cassou o mandato da presidente Dilma Rousseff?

Seja como for, Pimenta deu uma entrevista ao Blog da Cidadania para explicar a armação de que foi alvo.

Além da explicação necessária, o deputado fez uma análise da causa do adiamento do depoimento do ex-presidente Lula do dia 3 para o dia 10 de maio e fez uma denúncia grave: o Movimento Brasil Livre, que havia ameaçado ir a Curitiba enfrentar os manifestantes pró Lula, teria sido informado do adiamento antes de este ser divulgado pelas autoridades.

Quem teria passado tais informações a um movimento radical que está pregando confronto com a militância petista? Quem tinha informações sobre o adiamento para passar ao MBL, além das autoridades no processo? A quem essas autoridades franquearam acesso a essa informação, já que o MBL provou que sabia antes?

Vamos assistir a entrevista do deputado. E que cada um tire as suas conclusões.

Do Blog da Cidadania

0 comentários:

Postar um comentário