sábado, 13 de maio de 2017

Lula cresce porque representa o povo brasileiro sofrido

Quem não entende o fenômeno Lula, não entende o Brasil contemporâneo. Toda visão redutiva e parcial dele, não dá conta da exuberância da presença do Lula no Brasil e, com isso, não entende o país e o povo brasileiro.

Lula representa um verdadeiro enigma. Quem não decifra seu significado, é devorado por ele. Aconteceu isso com a direita e com a ultra esquerda, que o subestimaram e foram sucessivamente derrotadas por ele. Lula teria capitulado, Lula seria um cadáver político – nada disso se confirmou e quem saiu derrotado nesses enfrentamentos foram os que não compreenderam o seu significado para o país e para o povo.

Agora gente do campo da esquerda e do campo da direita tentam desqualificar o apoio que o Lula tem da população brasileira, dizendo que isso se deve a que ele é perseguido. Pobre argumento psicológico, de telenovela, como se fosse a perseguição que elevasse cada vez mais o prestígio do Lula.

Os pesquisadores que analisam as preferências do povo se deram conta que o fator fundamental que faz com que Lula cresça sempre nas pesquisas vem do que os entrevistados chamam de "saudade do Lula", isto é, a memória do que viveram durante o seu governo, o momento mais feliz das suas vidas, o momento mais virtuoso da história do Brasil. Ainda mais quando o governo surgido do golpe avança selvagemente sobre os interesses dos trabalhadores e da massa do povo, quando a autoestima dos brasileiros é jogada de novo para baixo, quando a vergonha de ser brasileiro não deixa de subir, a imagem do Lula cresce para o povo brasileiro.

Não é porque ele é perseguido, que ele cresce. Tanta gente tem sido injustamente perseguida no Brasil de hoje e nem por isso sua imagem cresce. A imagem do Lula cresce porque ele representa um projeto político que mudou - e mudou muito radicalmente para melhor – a vida dos brasileiros, a imagem do Brasil e a autoestima de todos. Quem não entende isso, não tem uma visão política do que representa o Lula hoje para os brasileiros.

Lula não é tampouco pelo que diz, mas sobretudo porque o que ele diz se assenta no que seu governo fez, no que o Brasil foi capaz de fazer sob sua condução. Ele não é um político entre outros, porque traz consigo e na memória do povo realizações que marcam a vida das pessoas. Não faltassem já todas as que seu governo trouxe, veio a transposição do rio São Francisco, recente, que atualizou a capacidade do Lula de mudar para sempre a vida das pessoas.

Diante de tudo o que Lula representa para o povo e para o Brasil, vir dizer que ele cresce nas pesquisas porque é perseguido, é tentar reduzi-lo a um papel de vítima, desconhecendo tudo o que representa para o país. Não entendem o Lula e não entendem o país.

Seria bom para eles que fosse assim, que o prestígio do Lula fosse passageiro, superficial, que terminasse como termina uma novela, os personagens desaparecem e outros os substituem. Por que gente que defende varias posições parecidas com as do Lula, gente que é perseguida como o Lula é, nem aparece nas pesquisas ou tem apoios intranscendentes? 

Isso ocorre porque Lula tem trajetória, não apenas de vida, mas de governante. Porque Lula aparece como a grande esperança do povo voltar a gozar dos seus direitos, do Brasil voltar a ter prestigio no mundo, dos brasileiros se sentirem orgulhosos do seu país, saberem que decidem os seus destinos e tem o seu destino novamente nas suas mãos.

Do 247

0 comentários:

Postar um comentário