domingo, 21 de maio de 2017

Sergio Moro pode ter cometido crime de “obstrução de justiça” ao proteger Temer de perguntas de Cunha

Moro trabalhou, incansavelmente, para proteger Michel Temer das perguntas incômodas de Eduardo Cunha. Ele não apenas censurou a maior parte das perguntas de Cunha, como ameaçou Cunha, em despacho, dizendo que o ex-deputado só iria piorar sua situação se continuasse querendo apontar o dedo para o presidente da república.

Os procuradores da Lava Jato ficaram todos quietinho também. Não vi ninguém reclamar da decisão de Sergio Moro.

Eu até entenderia se Moro fosse um juiz preocupado com a estabilidade política.

Evidentemente não é o caso.

Moro vazou ilegalmente conversas da presidente da república, Dilma Rousseff, com o ex-presidente Lula. Ou seja, não apenas quis desestabilizar o governo como não se preocupou em respeitar a lei.

Então a gente volta a perguntar: por que Moro protegeu Michel Temer?

Não seria isso um caso de “obstrução de justiça”, acusação que a Lava Jato gosta tanto de distribuir a torto e a direito?

Do Cafezinho

0 comentários:

Postar um comentário