sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Denúncias que chegam ao Judiciário, caso Miller e delação de Palocci sem provas, por Luís Nassif

O "Recado do Nassif" publicado no Youtube na noite de quinta (7) aborda a mais nova bomba que caiu sobre Brasília: a entrega de mensagens que mostram que advogados da JBS atuavam para comprar juízes e desembargadores. O escândalo envolve inclusive nomes do Superior Tribunal de Justiça.

Outra notícia de impacto que deve estourar nesta sexta (9) decorre do depoimento do ex-procurador Marcelo Miller à Procuradoria Geral da República, para explicar o teor de conversas gravadas por delatores da JBS. Pelos grampos, Miller teria orientado o acordo de cooperação de Joesley Batista e outros. Depois, pediu exoneração do Ministério Público para atuar em um escritório que fez o acordo de leniência da empresa.

Para Nassif, Janot errou ao entregar o caso de Miller a um procurador que também ajudou a fechar o acordo de delação da JBS.

O editor do GGN ainda comenta a delação de Antonio Palocci contra Lula. Sem provas, as falas do ex-ministro tendem a ter o mesmo destino que a colaboração de Delcídio do Amaral: juridicamente, podem ser inutilizáveis. Mas ajuda a Lava Jato a continuar provocando estragos políticos.

Assista a íntegra abaixo:

GGN

0 comentários:

Postar um comentário