sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

LAVA JATO me ROUBOU equipamentos e DIREITOS!, queixa-se Eduardo Guimarães

Desde 21 de março deste ano sou prisioneiro da Lava Jato. Nunca fui indiciado, mas tampouco fui absolvido. Como não devolveram meu equipamento confiscado durante a condução coercitiva que Sergio Moro ordenou contra mim, e como não dizem que estou livre de suspeitas, por orientação do meu advogado não posso nem participar de uma entrevista coletiva com Lula como a que houve nesta semana, mesmo tendo participado das outras três que ocorreram de 2010 para cá.
Repudio e denuncio a situação absurda e atentatória a meus DIREITOS como cidadão brasileiro, pois essa dúvida que paira sobre mim paralisou meus negócios comerciais e prejudica muito minha atividade como blogueiro, já que, ao não dizer que não tem nada contra mim, a Lava Jato parece querer que eu morra de fome, pois não consigo nem tocar meus negócios para sustentar minha família e ainda enfrento obstáculos na atividade jornalística. Querem, pois, que eu morra de fome.
Convido a todos a assistirem, abaixo, reportagem em vídeo sobre o que a Lava Jato está fazendo comigo. Confira:
Blog da Cidadania

0 comentários:

Postar um comentário