sábado, 4 de fevereiro de 2012

OS SARNEY E AS ELEIÇÕES MUNICIPAIS DO MA 2012

Afirma o blog do jornalista Djalma Rodrigues que o grupo Sarney está de olhos vidrados no mapa eleitoral de 2012 com medo de perder eleições em sequência em São Luís, Imperatriz, Caxias, Timon e Açailândia. E vai mais longe, afirmando que isso pode significar uma derrota antecipada na temida eleição de 2014.

Em São Luís, estão virando bicho para encontrar meios de impor uma derrota ao prefeito João Castelo; em Caxias tudo indica que o grupo do prefeito Humberto Coutinho será vitorioso; em Imperatriz se rebolam de todo jeito para cooptar o prefeito Sebastião Madeira. Imperatriz, aliás, não quer nem ouvir falar dos Sarney e já deixou isso claro em sucessivas disputas eleitorais. E também não estão vendo meios de bater o preefeito Ildemar Gonçalves em Acailândia.

Quanto a São Luis há fortes comentários de que as candidaturas ‘oposicionistas’ de Roberto Rocha, Edivaldo Holanda Júnior e Tadeu Palácio servem unicamente ao projeto político do grupo no poder. Não há nada que confirme isso, mas todo repórter político já ouviu essa conversa. Além do que seria um tiro capaz de sair pela culatra.

Na medida exata desses prognósticos, há agravantes provocadas por erros de avaliação do próprio governo. Quando, por exemplo, esvaziou o setor de saúde de vários municípios, exemplo de Caxias; confiscou recursos de convênios que beneficiariam muitas cidades e, principalmente, quando não tem respostas em termos de infra-estrutura administrativa para os grandes colégios eleitorais do Estado.

Com medidas como essa, o governo espalhou inimigos políticos por todo o Estado, de tal forma que acabou fazendo das populações desses logradouros adversários do dia a dia. Sem amigos entre professores, militares e funcionários públicos em geral, com os chefes políticos dos principais colégios eleitorais do Estado urrando à falta de investimentos públicos, fica difícil mudar essa realidade.

Do Blog do John Cutrim

0 comentários:

Postar um comentário