domingo, 10 de março de 2013

Morre em aos 74 anos a buritiense desembargadora Madalena Serejo

A desembargadora aposentada Maria Madalena Alves Serejo morreu na noite deste sábado (9), aos 74 anos, na UTI do Hospital São Marcos, em Teresina. Segundo informações da internet, ela estava internada desde a última quarta-feira. O estado de saúde da magistrada inspirava cuidados, já que apresentava quadro de infecções e por ser diabética.

Mãe da ex-prefeita de Caxias e ex-deputada federal Márcia Marinho, Madalena Serejo nasceu em Buriti (MA). Formou-se pela Universidade Federal do Maranhão, grau de Bacharel em Direito, em 1963. Exerceu o cargo de Promotora de Justiça na sua terra natal, a comarca de Buriti, em 1965. Aprovada para o cargo de juíza de Direito e nomeada em 1970, iniciou suas atividades judicantes naquele mesmo ano e mesma comarca.

Foi promovida sucessivamente por merecimento, até chegar à capital, em 1986. Foi diretora do Fórum Des. Sarney Costa; supervisora do Juizado Informal de Pequenas Causas; juíza eleitoral e juíza auxiliar da Corregedoria Geral da Justiça.

Em 1997, foi promovida por antigüidade para o cargo de desembargadora. Exerceu o cargo de diretora da Escola Superior da Magistratura do Maranhão.

Foi vice-presidente do Tribunal de Justiça e supervisora dos Juizados Especiais no biênio 2004-2005, e novamente de abril a agosto de 2007.

Fonte: O Imparcial

0 comentários:

Postar um comentário