quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Candidato pelo Maranhão Lobão Filho usa ônibus escolar em campanha, veja

Imagem de Ônibus escolar

BRASÍLIA – A campanha do candidato da família Sarney ao governo do Maranhão, senador Edison Lobão Filho (PMDB), tem usado ônibus escolares com a identificação do programa Caminho da Escola, do governo federal, para espalhar propaganda eleitoral pela capital do Estado, São Luís.

O Estado teve acesso a um vídeo que flagrou o uso de um desses veículos pela campanha. A gravação mostra o ônibus sendo abastecido com cartazes de Lobão Filho no pátio de seu comitê eleitoral situado na Avenida São Luís Rei de França, uma das mais movimentadas da capital maranhense, no bairro de Turu. O veículo que aparece no vídeo não tem placa, mas sua lataria está caracterizada como a dos veículos do programa federal. O caso desencadeou uma investigação do Ministério da Educação sobre seu suposto uso eleitoral.

A governadora Roseana Sarney (PMDB), que lançou Lobão Filho como candidato à sua sucessão, já fez ao menos dois eventos públicos neste ano para divulgar sua parceria com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia federal vinculada ao Ministério da Educação responsável pelo Caminho da Escola.

Em maio, no Palácio Henrique La Rocque, sede da Casa Civil maranhense, ela anunciou a entrega de 75 ônibus para diversas prefeituras. Depois, em agosto, no Palácio dos Leões, sede do governo, anunciou a entrega de mais de 60 ônibus.

“O investimento é da ordem de R$ 29.861.280,00, recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação”, divulgou o site do governo do Maranhão na notícia sobre a cerimônia de agosto. O FNDE, questionado pela reportagem, afirmou que, em 2014, fez um investimento de R$ 44,6 milhões para enviar 203 ônibus do programa Caminho da Escola para o Maranhão.

Sem placa. Entre uma entrega e outra, o acúmulo de ônibus escolares sem placa no pátio da Secretaria Estadual de Educação foi tema de embate entre apoiadores e opositores de Roseana. A informação de que havia uma frota com mais de 70 ônibus escolares parados ganhou repercussão depois que oito estudantes morreram num acidente de trânsito no interior do Estado. O acidente aconteceu no fim de abril no município de Bacuri, a cerca de 550 km de São Luís. Um veículo modelo picape que transportava 30 estudantes, de acordo com a Prefeitura de Bacuri, chocou-se com um caminhão.

A oposição levou o caso para a Assembleia Legislativa e acusou a gestão de Roseana Sarney de represar ônibus enquanto estudantes não tinham transporte adequado. Em 15 de maio, o deputado estadual governista Roberto Costa (PMDB) saiu em defesa da governadora e reconheceu que havia ônibus sem placa estacionados no pátio da secretaria. “Os ônibus que estão hoje no pátio da Secretaria de Educação precisam passar por um processo de regularização, necessitam passar por uma vistoria”, disse.

Após essa discussão, uma comitiva de deputados estaduais foi inspecionar o pátio da secretaria e constatou que, realmente, os ônibus sem placa estavam ali armazenados. O governo do Estado do Maranhão informa que os ônibus já foram entregues.

De acordo com o FNDE, o programa Caminho da Escola tem por objetivo “renovar a frota de veículos escolares, garantir segurança e qualidade ao transporte dos estudantes e contribuir para a redução da evasão escolar”. Estados e municípios podem comprar os ônibus do programa com recursos próprios, em parceria com o FNDE ou por meio de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Estadão

Veja o vídeo no link:

0 comentários:

Postar um comentário