terça-feira, 5 de abril de 2011

TERESINA NÃO ATENDE A DOENTES MARANHENSES

A Fundação Municipal de Saúde de Teresina definiu semana passa que não mais irá receber pacientes do estado do Maranhão que vierem encaminhados para realizar tratamento e consultas. A medida não afeta os atendimentos de urgência, mas os demais casos só voltarão quando as prefeituras maranhenses repassarem as verbas referentes a estes pacientes à prefeitura da capital do Piauí.

De acordo com a assessoria da FMS, a Fundação assinou pacto com prefeituras do Maranhão para que elas repassassem o valor para Teresina. Entre os pacientes que ficam prejudicados estão aqueles que precisam de tratamento contra o câncer que não querem buscar atendimento em São Luis. A determinação era que as prefeituras fizessem o reembolso em até três meses.

A FMS informa que a determinação do Ministério da Saúde é que “porta aberta” – ou seja a obrigatoriedade de atendimento não importa o Estado – é apenas aos casos de urgência e emergência. A medida não atinge aos municípios do interior do Piauí, nem os antigos pacientes que já estariam fazendo tratamento, mas grandes cidades do Maranhão como Caxias e Timon, onde havia sido montada uma Central de Regulação para encaminhar os pacientes à Teresina.

Uma reunião entre a FMS e os municípios envolvidos deve acontecer em até 15 dias para discutir e reavaliar a situação.

Com informações da CN e Cidade Verde

0 comentários:

Postar um comentário