sexta-feira, 11 de abril de 2014

Detran-MA vai incinerar 88 mil documentos de veículos, confira

O Detran-MA vai realizar a incineração de documentos de veículos destituídos de valor, nesta sexta-feira (11/04) às 16h, em sua sede, localizada na Vila Palmeira, em São Luís. Todos os documentos, são relativos a veículo, devem ser mantidos guardados obrigatoriamente por cinco anos, após este prazo perde seu valor e deve ser eliminado.

No Detran-MA existem documentos que já estão armazenados há mais de 30 anos, e 88 mil destes, que foram avaliados e separados cuidadosamente desde o ano passado, serão eliminados nesta sexta-feira (11).

Esta primeira incineração de 2014 é apenas o primeiro passo do projeto que continuará durante todo o ano, com o intuito de organizar o acervo do Detran-MA. “Estamos modernizando o departamento e verificando os documentos que já não possuem nenhuma finalidade. Nosso objetivo é organizar o nosso arquivo central para atender as necessidades dos usuários”, esclareceu André Campos, diretor geral do Detran-MA.

Incineração

O processo começa com a seleção de documentos que são analisados por placa e pela data de emissão. Em seguida, é feita uma listagem dos documentos por lote, sendo que cada lote é revisto pela comissão responsável, que depois envia para a avaliação final do Diretor Geral do Detran-MA. Após a avaliação final, é feita a publicação no Diário Oficial do Estado com parecer da Secretaria de Cultura. Só então os documentos começam a ser eliminados.

Após esse procedimento, os documentos são triturados e, por fim, incinerados. O Detran tentou doar estes documentos triturados para reciclagem, porém não encontrou nenhuma empresa ou instituição que aceitasse o material.

Segundo a diretora Administrativa do Detran-MA, Marília Mendonça todo este procedimento é importante para que seja feita a incineração. “Nós começamos a parte de expurgo cuidadosamente em janeiro de 2013, e tudo foi publicado no Diário Oficial, seguindo fielmente a tabela de temporalidade, pois os documentos só podem ser eliminados seguindo esta tabela. Esse é o começo de um grande processo de organização do nosso acervo”, afirmou Mendonça.

Fonte: O Imparcial

0 comentários:

Postar um comentário