quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Duque Bacelar entre os 11 municípios contemplados com casas do PNHR


Governo do Estado firma termo de cooperação para construção de 1.344 casas em 11 municípios.

Um total de 1.344 famílias vão receber moradia nos próximos meses. A construção foi garantida por meio da parceria entre o Governo do Estado, a Caixa Econômica e o Ministério das Cidades e vai possibilitar a contratação de novas unidades residenciais pelo Programa Minha Casa Minha Vida Rural (PNHR).

O termo de cooperação e parceria com as 32 entidades contratantes do PNHR foi assinado pelos secretários Chefe da Casa Civil, João Abreu, representando o governo do estadual; Cidades e Desenvolvimento Urbano, Hildo Rocha; e superintendente da Caixa Econômica no Maranhão, Hélio Duranti, na tarde na tarde desta quarta-feira (18), no Palácio dos Leões. A solenidade contou com a presença dos deputados Graça Paz, Antônio Pereira e de várias lideranças regionais.

Imagem aérea da cidade de Duque Bacelar

Ao todo, 11 municípios foram beneficiados, por meio de 22 unidades conveniadas – entre associações, fundações e uniões de moradores – e 32 propostas aprovadas, pois alguns municípios originaram mais de uma proposta. O investimento é da ordem de R$ 39 milhões e vai gerar a construção de 1.394 unidades habitacionais nos municípios de Anajatuba, Bernardo do Mearim, Cantanhede, Duque Bacelar, Governador Luís Rocha, Lago da Pedra, Matões, Nina Rodrigues, Santana do Maranhão, São Bernardo e Sucupira do Norte.

O secretário João Abreu ressaltou que é uma determinação do governo reduzir o déficit de habitação no estado. “Essa parceria veio no sentido de viabilizar o programa, voltado à população mais carente, e com essa ação esperamos melhorar as desigualdades sociais e dar a oportunidade dessas famílias de usufruir de uma moradia adequada, além de transformar o sonho dessas mais de mil famílias em uma realidade”.

De acordo com o secretário de Cidades e Desenvolvimento Urbano, Hildo Rocha, o Maranhão tem avançado significativamente no combate ao déficit habitacional. “Esse projeto é destinado a famílias que residem na zona rural e que se enquadrem dentro do perfil do programa, para que possa atender essa demanda por habitação. Em 2012, o Maranhão avançou bastante e reduziu em 10% o seu déficit habitacional, enquanto que, no Brasil, a média de redução foi de 6%”, contou.

Já o superintendente da Caixa Econômica no Maranhão, Hélio Duranti ressaltou que a parceria com o Governo do Estado é fundamental para melhorar reduzir o déficit de moradia. “Esse programa visa reter as famílias no campo, por meio da moradia. A Caixa e o Governo do Estado assinaram o convênio, onde a equipe da Secid faz a preparação das propostas e encaminha para Caixa, o que dá um impulso importante ao programa. E vamos entregar 32 empreendimentos, totalizando 1.394 unidades”. 

Entidades elogiam parceria
O presidente da Associação do Povoado Coqueiro do Magu, em Santana do Maranhão, Bernardo Costa de Sousa, falou da alegria em ver a comunidade beneficiada. “Na comunidade serão beneficiadas 50 famílias, neste primeiro momento, e a expectativa é que a gente consiga levar esse benefício para mais famílias. Só tenho a agradecer a governadora por essa parceria, que vai melhorar muito nosso povoado”.

Já o presidente da Associação Comunitária de Cantanhede, César Cantanhede, avaliou que ações como essa melhoram a qualidade de vida das comunidades. “Essa parceria é muito positiva e veio na hora certa. E tivemos o apoio da Secid, que nos orientou sobre o programa. Em Cantanhede, são cinco povoados beneficiados”. “Essas casas vão mudar muito nossa vida. E vai mudar para melhor”, completou o presidente da Associação Povoado Ilha, de Nina Rodrigues, Raimundo Fragoso.

Do Imparcial

0 comentários:

Postar um comentário