sexta-feira, 23 de março de 2012

Preso professor suspeito de vender cocaína para alunos em São Paulo

Um professor de uma escola estadual em Lençóis Paulista (287 km de SP) foi preso nesta sexta-feira suspeito de traficar cocaína para seus próprios alunos.

Moacir Moura Júnior, 29, dava aulas de português como professor substituto a adolescentes na E.E Dr. Paulo Zilo. Além das funções docentes, Moura, ex-presidiário, é também membro de uma facção criminosa, segundo a polícia.

A suspeita partiu de denúncias de mães de alunos que apontavam a venda de drogas dentro da escola. O professor foi abordado no final da aula de hoje, por volta das 12h.

Junto com livros, apostilas e giz, em sua bolsa foram encontrados 300g de cocaína, parte dela já dividida em pedaços menores, pronta para a revenda.

"Tudo indica que ele comercializava a droga dentro da escola, pelos papelotes prontos para a venda. Toda a droga está avaliada em cerca de R$ 9 mil", disse o delegado Luiz Cláudio Massa, da delegacia da cidade.

À polícia, Moura afirmou ter Ensino Médio completo. O professor disse que em nenhum momento os diretores lhe pediram comprovante de antecedentes criminais ou diploma universitário, segundo a polícia. Ele estava na vaga desde o início do ano.

Além da cocaína, Moura carregava consigo R$ 1.000 em dinheiro. Ele será indiciado por tráfico de drogas.

Da Folha
Reações:

Um comentário:

  1. Nossa nem dentro de uma escola que era pra encinar os alunos a serem gente .Tem que ser mais drasticos ou mais rigiodos pra contrataçao de professores pro encino de alunos . Que noticia drastica é um abssurdo isto mais tem que deixar a policia tomar posse deste caso e tomar as medidas mais drasticas possiveis ......

    ResponderExcluir