quarta-feira, 24 de junho de 2020

BEKWYJKÀ METUKTIRE, ESPOSA DO CACIQUE RAONI, PRESENTE!

A guerreira trilhou mais de oito décadas junto de Raoni, acompanhando, dando suporte, criando uma história conjunta.
Foto: Patrick e Sue Cunningham (Eke e Nhogogo)
A esposa do Cacique Raoni, Bekwyjkà Metuktire, morreu hoje, dia 23, após um infarto seguido por um acidente vascular encefálico. A guerreira trilhou mais de oito décadas junto de Raoni, acompanhando, dando suporte, criando uma história conjunta.
Instituto Raoni, através de seus colaboradores, soltou nota de pesar pela perda de Bekwyjkà. Leia a seguir.
“O *Instituto Raoni* vem, com imenso pesar e tristeza, comunicar o falecimento de Bekwyjkà Metuktire, esposa do Cacique Raoni.
Manifestamos nossa dor e os mais profundos sentimentos pela perda dessa nobre mulher, mãe, esposa, avó, guerreira e tantos outros adjetivos que são atribuídos a ela por toda sua história e trajetória de amor, carinho e companheirismo junto ao cacique Raoni.
Nascida na antiga aldeia Kapot, em 1930, filha do cacique Tapiete e Kokoyaumti Metuktire, Bekwyjkà conheceu o cacique Raoni ainda muito jovem.
Tanta história, tanta luta, tanta ternura e tanto companheirismo
“Olhei para o céu e de longe vi uma estrela, a mais bela de todas e na minha admiração, ela se aproximou e desceu aqui na terra. Então pude ver que ela era ainda mais linda… essa é a minha estrela”. Fala do Cacique Raoni em referência a sua esposa.
Um amor verdadeiro, o forte o bastante para estar do lado do cacique Raoni por mais de 8 décadas e com ele construir uma bela família, mãe de Kokonã, Bekwyjrày, Kokotô, Prejky, Atoronget, No`ôktire (em memória), Ymoro (em memória) e Tedjê (em memória).
Com a saúde já bastante comprometida e bem debilitada devido a idade avançada, Bekwyjkà teve complicações devido a um IAM – Infarto Agudo do Miocárdio, seguido por um AVE – Acidente Vascular Encefálico. A sua caminhada aqui na terra terminou hoje, 23 de junho de 2020, na aldeia Metuktire.
Hoje a estrela Bekwyjkà volta a brilhar no céu e nós continuamos a admirá-la, ainda que nossos corações estejam entristecidos, somos gratos pela oportunidade de tê-la conosco.
Siga em paz Bekwyjkà, que sua passagem seja iluminada, que sua família seja confortada e que nosso Cacique Raoni seja amparado por todo amor e carinho que sempre recebeu de sua amada esposa.
Uma homenagem de toda equipe do Instituto Raoni”
Do GGN
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário