terça-feira, 2 de junho de 2020

MORRE O BURITIENSE VESPA DO DOMICIANO AOS 78 ANOS

Morre em Buriti VESPASIANO DURO DE OLIVEIRA NETO, o VESPA como era conhecido por todos, contava com 78 anos de idade, tinha a saúde debilitada, por outra epidemia, a da diabetes que hoje também grassa nesse pais, já havia amputado uma perna, andava de cadeiras de rodas por conta disto, e nesta tarde a situação se agravou por ter se contaminado pela COVID - 19, vindo a passar mal, no que fora internado na famosa Clinica de Buriti, onde veio a óbito por volta das 22:00 horas de hoje, 02 de junho.
Como seguem as recomendações das autoridades sanitárias de saúde, não haverá velório, terá solenidade ultra-restrita aos poucos familiares que estão acompanhado o caso, será sepultado imediatamente, no cemitério do Alto da Moderação, em razão da falta de espaço no principal campo santo da cidade, o São José.
Vespa era da Barra do Domiciano, localidade com o mesmo nome de seu pai, povoado buritiense que fica a norte, ao migrar para Buriti se profissionalizou em alfaiataria, ofício que trabalhou por muitos anos, com o minguar da demanda, por competição das roupas prontas, Vespa muda de ramo e passa a vender redes para dormir, comércio que desenvolveu por um bom período, hoje era aposentado.
O seu Vespa era um cidadão correto e trabalhador, prestou relevantes serviços à comunidade buritiense, criou seus filhos com o suor do seu rosto.  Por fim cumpriu com galhardia a sua missão na terra junto aos seus conterrâneos, agora passa da vida terrena para a celestial, deixa esposa, filhos e netos.  
É com grande pesar, que o editor deste veículo de comunicação vem, por meio da presente, lamentar a morte do seu VESPA, e prestar a nossa solidariedade à família, amigos e a comunidade buritiense. Que Deus conforte os corações de seus familiares, e lhe receba de braços abertos.  
 Reginaldo Veríssimo
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário